Um espaço de discussão aberto aos associados e amigos do OBSC.
Terça-feira, 11 de Dezembro de 2007
Juvenis - A.D. OVARENSE: - 1 x OBSC - 2
CAMPEONATO DISTRITAL DE JUVENIS
 
I DIVISÃO
 
ZONA SUL
 
13 JORNADA (09/12/2007)
CAMPO: PARQUE MARQUES DA SILVA - OVAR
ÁRBITRO: SANDRA BASTOS
AUXILIARES:
 
A.D. OVARENSE: - 1
O.B.S.C. - 2
 
A.D. OVARENSE: Paulo, Ricardo, Tiago, Sérgio, Daniel (Cap.), Gilberto (Nuno, 79m), André Silva, André Filipe (Ruben, 72m), Bruno, José (Filipe, 57m) e Cláudio.
TREINADOR: Joaquim Valente.
 
OBSC: Melo, Marcelo, J. Martins, Mendonça, Figueiró (T. Carvalho, 72m), Duarte (Cap.), Flávio, D. Marques, T. Brito, J. Gravato e T. Jesus (Alexis, 69m).
TREINADOR: Pedro Moniz e Carlos Fontes.
 
 
            Ao Intervalo: 0– 0
            Marcadores: J. Gravato (48 e 52m) e Bruno (80+1m).
            Disciplina: Cartão amarelo a Gilberto (32m), André Filipe (38m) e Cláudio (65m).
 
             
            Inicio de jogo morno e apático com ambas as equipas a jogarem lento e sem grande convicção. A partir dos 15 minutos a equipa de Oliveira do Bairro começou a impor um ritmo mais forte ao jogo, dispondo de 3 boas ocasiões para marcar, chegando ao intervalo com um nulo no marcador.
            Na 2ªparte o Oliveira do Bairro entrou muito pressionante e aos 48m iria chegar ao golo por intermédio de J. Gravato que iria repetir a façanha passados 4m, numa bela jogada de contra ataque. A Ovarense iria mostrar um ar da sua graça aos 81m, marcando o seu golo de honra por intermédio de Bruno. Até ao final a Ovarense ainda tentou chegar à igualdade, mas já foi tarde.
 
 
 
 
            RESULTADO JUSTO
 
                                                                                              Rafael Coelho


publicado por obsc às 13:30
link do post | comentar | favorito

Iniciados – 2ª Divisão Série F - O.B.S.C., 1 – G.D.MEALHADA, 3
Iniciados – 2ª Divisão Série F
 
 
Eficácia foi determinante
 
 O.B.S.C., 1 – G.D.MEALHADA, 3
 
Campo S. Sebastião em Oliveira do Bairro.
 
Árbitro: Ivo Neto
Auxiliares: António Costa e Ana Amorin
 
O.B.S.C.: Flávio; Marcelo, (Cláudio, 35’), Micael, (Diogo Silva, 35’), Eduardo, Emanuel (cap.), John, Bernardo, (Miguel, 65’), Ruben Agostinho, Marco, Filipe, João Melo, (Tiago Filipe, 35’).
Treinadores: Daniel Sampaio, Pinto e Abel
 
 
G.D. MEALHADA: Rui; Hugo (cap.), Carlos, Frederico, João, Gil, João Alves, Ricardo, (Alexandre, 48’), Tiago, (João Pedro, 64’), Vicente, José Pedro, (Rafael, 35’).
Treinador: Luís Felgueiras
 
Ao intervalo: 0 – 2
Marcadores: João (4’) Carlos (25’) Tiago (47’) Filipe (51’)
 
 Partida agradável de seguir, embora com uma 2ª parte menos boa.
1ª parte o OBSC criou vários lances de perigo, mas a finalização não foi a melhor. Pelo lado contrário o Mealhada foi efícáz a 100%, em 2 lances de Bola parada fez 2 golos, que de certa maneira marcaram o desfecho do encontro.
2ª parte foi jogada a um nível mais baixo, o Oliveira do Bairro em desvantagem no marcador por 2 golos, não teve força anímica para dar a volta ao jogo, e foram os visitantes  a ampliar a vantagem no marcador. Os Falcões ainda reduziram o marcador a meio da 2ª parte, mas a equipa não se galvanizou com o golo, mantendo assim o resultado até final.                
    
                                                                                           A. Costa


publicado por obsc às 13:27
link do post | comentar | favorito

INFANTIS “B” - ANADIA F.C. - 2 : 1 - O.B.S.C.


Futebol Jovem

INFANTIS “B”

ANADIA F.C. - 2 : 1 - O.B.S.C.

 

UM HINO AO FUTEBOL...

 

Estádio: Comp. Desportivo de Anadia – Anadia

 

Árbito: Paulo Torres.

Auxiliares: Rui Vilar e Gonçalo Davim.

 

Resultado ao Intrevalo: 0-0

 

ANADIA F.C.:

Daniel (gr), Vitor, Diogo, Miguel, Joel, Miguel Moura, Daniel; Diogo (gr), Carlos, Gonçalo, Gustavo, Tomé.

Treinador: Tiago Frias.

 

O.B.S.C.: Tiago(gr), Samuel, Ruben, Diogo Filipe, Joël, Gonçalo, Tiago Marques; Ruben II, Rafael, Frederico, Miguel e Diogo Ferreira

Treinador: Nuno Santos e João Rito

 

DISCIPLINA: Cartão amarelo nº 7 Daniel( Anadia F.C.).

 

O OBSC e o Anadia FC deram, aos espectadores presentes, um bom espetáculo de futebol.

Os falcões encontaram pela frente uma equipa com as mesmas aspirações e sem lesões. O OBSC teve de efectuar algumas adptações ao seu modelo de jogar, tirando proveito dos elementos disponiveis, e consegui segurar o poder físico do Anadia FC, tendo até ao intrevalo tido as melhores oportunidades de golo.

Os falcões chegaram ao intrevalo com a certeza de estarem a defender bem o emblema que trazem ao peito.

A segunda trouxe para o campo um OBSC mais aguerrido e ofensivo, disso tirou proveito o Anadia FC para numa jogada de contra ataque marcar. Mesmo assim os falcões deram boa resposta e procuraram um resultado diferente. A sua procura deu frutos numa boa jogada entre a linha do meio campo e do ataque, os falcões marcaram.

O Anadia FC respondeu bem e conseguiu na jogada imediata, tirando proveito da única distração do OBSC, fazer o resultado final.

Justo foi o vencedor, mas o empate não ficaria mal. Estas duas formações de jovens jogadores deram um hino ao futebol, mostrando o porquê de ocuparem os lugares cimeiros da classificação da sua série.

Uma palavra à arbitagem que deve rever algumas situações em relação à disciplina e ao sentido das faltas, e acima de tudo à atitude um pouco arogante do chefe de equipa.



Marcadores: Diogo Filipe.

 

Carlos Mariz



publicado por obsc às 13:25
link do post | comentar | favorito

Iniciados – 1ª Divisão Zona Sul - O.B.S.C., 1 – U.D.OLIVEIRENSE, 4
Iniciados – 1ª Divisão Zona Sul
 
 
Expectativa foi sol de pouca dura
 
 O.B.S.C., 1 – U.D.OLIVEIRENSE, 4
 
Campo S. Sebastião em Oliveira do Bairro.
 
Árbitro: Ilídio Matos
Auxiliares: José Alves e Hélder Gomes
 
 O.B.S.C: Ricardo; Ruben Ribeiro, Dany, Marc, (Paulinho, 63’), Costa, Cardoso, Leandro Martins, Wilson, Artur, (Eduardo, 51’), Manafá, Vítor Hugo (cap.).
Treinadores: Daniel Sampaio, Abel e Pinto
 
 U.D.OLIVEIRENSE: Hugo; Eduardo, Filipe, Francisco, Rafael, Nuno, Miguel, (Michael, 35’), Sérgio (cap.), Tiago, João, (Ricardo, 65’), Joel.
Treinador: Sebastião Thomé
 
Ao intervalo: 0 – 1
Marcadores: Tiago (13’ 57’) Marc (37’) Michael (42’) Joel (48’)
 
 
O Oliveirense veio para esta partida, com uma estrutura de equipa totalmente diferente do 1º jogo com o OBSC, toda ela mais forte fisicamente e mais homogénia, mas que em termos futebolísticos apesar do resultado não foi superior ao Oliveira do Bairro.
1ª parte com vantagem em qualidade de jogo para o OBSC, que pecou um pouco na sua eficácia, na marcação ao seu adversário e na concentração. O Oliveirense nesta fase soube tirar partido destes erros, jogando com velocidade e antecipação foi para o intervalo em vantagem.
2ª parte começou bem para os Falcões com o golo do empate, aumentando assim a expectativa de darem a volta ao jogo, mas foi sol de pouca dura. Logo de seguida sofreram o 2º golo e a equipa anímicamente foi abaixo, cometendo falhas sucessivas em todos os sectores da sua estrutura, durante o resto da partida permitindo assim ao Oliveirense ampliar o resultado.          
    
                                                                                           A. Costa


publicado por obsc às 13:23
link do post | comentar | favorito

Iniciados – 2ª Divisão Série F - ANADIA F.C., 2 – O.B.S.C., 0
Iniciados – 2ª Divisão Série F
 
 
Exibição um pouco apagada
 
 
 ANADIA F.C., 2 – O.B.S.C., 0
 
Campo: Complexo Desportivo Anadia
 
Árbitro: Ricardo Silva
Auxiliares: André Cardoso e Luís Pires
 
 ANADIA F.C.: Davide; Alexandre Mendes, Pedro, Bernardo, Diogo, Gonçalo, João Marcos, Alexandre Melo, João Maia, Leandro (cap.), Ruben.
Jogaram ainda: Micael, Eduardo, Marcelo e Marcio  
Treinador: Tiago Conde
 
 
 O.B.S.C.: Flávio; Miguel, (David, 35’), Paulinho, Eduardo, John (cap.), (Filipe, 35’), Miguel Palavra, (Cláudio, 61’), Bernardo, Diogo Silva, Dias, Ruben Agostinho, Marco. 
Treinadores: Daniel Sampaio, Abel e Pinto
 
 
Ao intervalo: 0 – 0
Marcadores: Micael (55’) Eduardo (72’)
 
Resultado não foi o reflexo completo do que se passou em campo por parte de ambas as equipas. O domínio do Anadia em algumas fases da partida, foi mais pela passividade do OBSC, que ficou um pouco aquém daquilo que já fez em outros jogos, notando-se alguma falta de crença e atitude.
O Anadia soube aproveitar bem as falhas do OBSC, para fazer os seus golos, já no último quarto de hora da partida. Para alem dos golos, apenas teve mais um ou dois lances de perigo.    
    
                                                                                           A. Costa


publicado por obsc às 13:21
link do post | comentar | favorito

Entrevistas com duas jogadoras do Voleibol Feminino do OBSC
Ana Rita Martins | Águas Boas | 18 anos | Estudante na Universidade Coimbra
(Jogadora)
Como analisa o surgimento de uma equipa sénior de voleibol feminino no Oliveira do Bairro Sport Clube?
Como uma excelente oportunidade. A competição no Frei Gil Voleibol Clube termina, com muita pena minha, nos juvenis para o escalão feminino. Nesse Clube fui campeã nacional em minis, na época 2001/2002, tendo tido o prazer de representar Portugal na Hungria na época 2005/2006, sempre com a camisola do Frei Gil Voleibol Clube. Com a idade de 18 anos, a minha carreira desportiva poderia ter ficado por aqui, não fosse este novo projecto desportivo no Oliveira do Bairro Sport Clube, que me permite dar continuidade ao meu trabalho, jogando num quadro competitivo.
 
Qual a sensação de mudar de Clube?
Existe um certo receio, que considero natural para uma atleta que, durante 8 anos, serviu ininterruptamente o mesmo clube, convivendo sempre com as mesmas pessoas. Mudar de Clube obriga a entrar noutro ambiente completamente diferente daquele a que anteriormente estava habituada, inserindo-me noutra equipa. É como recomeçar, não a jogar, mas a saber estar, viver, e conviver noutro clube. Porém, depois de estar integrada, o receio inicial vai desaparecendo, começando a sentir que, de forma crescente, integro este grande clube que é o Oliveira do Bairro Sport Clube. É o recomeçar de um novo ciclo.
 
Como jogadora, quais são os seus objectivos pessoais e os da equipa para a presente época desportiva?
O meu principal objectivo para a presente época é esforçar-me, trabalhando com seriedade e responsabilidade, de forma a dar o meu melhor, ajudando a minha equipa e o meu Clube a alcançar os objectivos definidos. Em relação à equipa o objectivo é o mesmo, mas redobrado, porque somos um conjunto de atletas que iniciou um novo projecto, logo, o objectivo principal terá de visar a estruturação da “equipa”.

 

 

Patrícia Oliveira | Oliveira do Bairro| 29 anos | Professora de Educação Física na Escola Básica Integrada da Ponte das Três Entradas
Jogadora
Como analisa o aparecimento de uma equipa sénior de voleibol feminino no Oliveira do Bairro Sport Clube?
O primeiro contacto que tive com o assunto foi através da Celeste Oliveira, que me referiu a possibilidade de ser criada uma equipa de Voleibol Feminino Sénior em Oliveira do Bairro. Este projecto deixou-me, de imediato, contente por alguém ter a vontade e a disponibilidade de iniciar algo tão ambicioso. Considero que este projecto é necessário, uma vez que no concelho existem vários centros de formação ao nível juvenil, sem a necessária continuidade e cujo trabalho muitas vezes não era devidamente reconhecido. Deste modo, a modalidade poderá ganhar outra dimensão a nível concelhio, quer em número de praticantes, quer na qualidade e nível de jogo. Pessoalmente, esta equipa permite-me o regresso a uma modalidade que pratiquei durante anos e que agora retomo, com muito entusiasmo. Muita coisa mudou desde então. Estou a ter algumas dificuldades em acompanhar, por questões profissionais e também por falta de ritmo de treino. No entanto, sinto-me ansiosa por começar a competição. Penso que o mais difícil está a ser feito e a resposta tem sido positiva, quer das jogadoras, quer dos treinadores e dos dirigentes. É claramente uma boa aposta para o Clube, que pretende alargar a sua oferta para o sector feminino, quase sempre esquecido em detrimento do chamado “sexo forte”.

 



publicado por obsc às 13:18
link do post | comentar | favorito

MULHERES, TALENTO E VOLEIBOL
MULHERES, TALENTO E VOLEIBOL
Há quase três mês a defender as cores do Oliveira do Bairro Sport Clube e as “Falcoas do Cértima”, como desportivamente já são conhecidas, somam vitória atrás de vitória na 1ª fase regional para o Campeonato Nacional de Seniores Feminino.
Pela primeira vez na história de Oliveira do Bairro há jovens que, tendo o voleibol como desporto de eleição, tem a oportunidade de treinar e jogar numa equipa sénior do concelho e pela primeira vez na história do desporto colectivo, o Oliveira do Bairro Sport Clube, instituição com mais de 80 anos de história, tem uma equipa feminina a disputar campeonatos nacionais.
São perto de 20 atletas, na sua grande maioria do concelho de Oliveira do Bairro, são a única equipa sénior feminina de voleibol na Bairrada, e apesar das vidas profissionais distintas e exigentes estão empenhadas em cumprir um rigoroso calendário de treinos e jogos com uma ambição expressa no espírito que defendem “fazer bloco com audácia, pôr as mãos na bola, jogar o próximo ponto”.
 
Voleibol - uma história de sucesso no IPSB
A trabalhar desde Setembro, a equipa de voleibol feminino reúne a “nata da nata” do voleibol made in Oliveira do Bairro. Se até 2007 as jovens que finalizassem o seu percurso de formação, numa das secundárias do concelho, não tinham alternativas no prosseguimento do voleibol, hoje, graças à insistência das atletas, à teimosia de alguns e à aposta do OBSC, o cenário mudou. Para Ana Rita Martins o voleibol poderia ter ficado pelos palmarés de jogadora no Instituto de Promoção Social da Bairrada (IPSB) ao serviço do Frei Gil Voleibol Clube (FGVC), e ficaria muito bem num curriculum desportivo (campeã nacional de juvenis, e campeã nacional no desporto escolar com uma participação internacional), mas esta foi a oportunidade de continuar com o desporto que foi investimento de tantos anos, “com 18 anos, a minha carreira desportiva poderia ter ficado por aqui, não fosse este novo projecto desportivo no Oliveira do Bairro Sport Clube, que me permite dar continuidade ao meu trabalho, jogando num quadro competitivo”.
A história da Ana Rita repete-se quase na totalidade das atletas: jovens que durante anos dedicaram horas a fio ao treino; professores e treinadores que investiram pessoalmente e profissionalmente na formação de escalões juvenis; instituições de ensino que apostaram na vertente desportiva como parte integrante e importante da formação humana dos seus jovens e pais que fizeram quilómetros, e tantos ou mais esforços, para aplaudirem o esforço e o sucesso da paixão dos filhos. Este é um projecto que nasceu alicerçado na motivação de dar continuidade ao que é feito no concelho em matéria de formação no voleibol. Era preciso canalizar esforços e vontades naquele que, de acordo com a treinadora desta equipa sénior, Susana Martins “é o melhor projecto para a modalidade do voleibol feminino no Concelho de Oliveira do Bairro”. A Susana é treinadora há mais de 10 anos no Frei Gil Voleibol Clube e, como a mesma refere “via com desagrado as nossas atletas mais velhas ficarem perdidas em termos desportivos por falta de continuidade. Com o surgimento deste projecto abre-se uma porta para a sua continuidade no voleibol”.
O projecto da equipa sénior foi ganhando maturidade na troca de impressões e parcerias com as secundárias onde no concelho se pratica o voleibol, “são parcerias importantíssimas e estratégicas para o sucesso da ideia, que subjaz a todo este investimento, dar continuidade à formação nos escalões infantis e juvenis feitos nas escolas do concelho - o IPSB, a EB 2/3 Dr. Acácio Azevedo e a Secundária de Oliveira do Bairro” como adiantou um dos responsáveis.
 
Financiamento da equipa sénior
A criação da nova Secção de Voleibol, num clube como o Oliveira do Bairro Sport Clube, não é tarefa fácil, o plano e orçamento para a época 2006/2007 aponta para um investimento na ordem dos 21 mil euros, desde despesas com inscrições e seguros, departamento médico, custos directamente ligados a treinos e jogos, arbitragem, transportes, alimentação, e todo o equipamento necessário neste ano zero.
Para sustentar o projecto têm sido várias as abordagens a empresários e entidades que podem de alguma forma juntar-se a esta causa desportiva, na forma de publicidade ou subsídio.
A secção estudou algumas vantagens promocionais para cativar “as empresas para se associarem a uma equipa jovem, ambiciosa, de um enorme fair-play com um público-alvo especifico”, quanto aos apoios de mecenas não há dúvidas, “ao apoiar esta equipa está a envolver-se na comunidade, a investir no futuro, na sua juventude e no desporto e hoje em dia a comunidade reconhece quem investe no seu bem-estar”. Todas as formas de financiamento estão a ser ponderadas, desde o recurso a actividades como sejam a realização de sorteios, passando pela obtenção de donativos de particulares e empresas até às verbas correspondentes às quotizações dos associados, ou outros mais no campo desportivo com a organização de torneios e estágios.
A Câmara Municipal de Oliveira do Bairro deu um “empurrão” inicial ao projecto, com a atribuição de um subsídio de 1500€, ao que considera ser “uma aposta sustentada e bem estruturada em dar oportunidade a jovens do concelho de continuarem a praticar desporto no concelho”.
Para os mentores do projecto, a criação da secção de Voleibol no OBSC, “torna o clube mais eclético, atraindo cada vez mais a população feminina para a prática de desporto e para o apoio às equipas do concelho”.
 
Oliveira do Bairro joga 1ª fase do regional para o Campeonato Nacional de Seniores Feminino
A equipa de Voleibol do OBSC marcou o seu início de época, no passado dia 4 de Novembro, frente ao Sporting Clube das Caldas, com uma vitória claríssima de 3-0, com os parciais de 25-21, 25-22 e 25-21. As atletas estrearam-se nesta 1ª época para um calendário de jogos e as Falcoas do Cértima estão na liderança da 1ª fase regional para o Campeonato Nacional de Seniores Femininos, com 4 vitórias em outros tantos confrontos. As atletas prometem agarrar com garra e ambição os jogos que as esperam.
ROJECTO D
Susana Martins, treinadora da equipa feminina de voleibol do OBSC
Professora no Instituto de Promoção Social da Bairrada, treinadora do Frei Gil Volei Clube
Como analisa o aparecimento de uma equipa sénior de voleibol feminino no Oliveira do Bairro Sport Clube?
Não poderia responder de outra maneira, senão dizendo que foi o melhor projecto para a modalidade do voleibol feminino no Concelho de Oliveira do Bairro. Há já 11 anos que sou treinadora no Frei Gil Voleibol Clube e, nesse período, via com desagrado as nossas atletas mais velhas ficarem perdidas em termos desportivos por falta de continuidade. Com o surgimento deste projecto, já existe uma porta aberta para a sua continuidade no voleibol.
Como entende a relação estabelecida entre o OBSC, o FGVC e as Escolas dos Concelho para o desenvolvimento do desporto em geral e da modalidade em particular?
Este projecto só tem lógica se existir esta parceria. Embora o FGVC possa produzir boas atletas, não tem número suficiente para abraçar este projecto. A importância de envolverem as escolas, que embora participem somente no desporto escolar, também tem o seu fruto e mérito. Importa não esquecer que, para este projecto avançar, é necessário um clube dar a cara. É de louvar todo o esforço e dedicação que a direcção do Oliveira do Bairro Sport Clube, em especial a secção de voleibol, tem manifestado, pois a filiação de um clube e do escalão de seniores não é fácil e têm sido incansáveis na sua dedicação, preocupação e empenho. Mais importante que tudo isto, é um clube do nosso concelho, que acolhe todas as jogadoras que estiverem interessadas em abraçar este projecto, principalmente do nosso Concelho.
 
Rui Guedes,Professor de Educação Física no IPSB (Instituto de Promoção Social da Bairrada), Coordenador Desportivo do frei Gil Volei Clube
Como analisa o aparecimento de uma equipa sénior de voleibol feminino no Oliveira do Bairro Sport Clube?
Com agrado, vejo com o aparecimento deste novo Projecto uma nova realidade para o voleibol no Concelho de Oliveira do Bairro, que penso ser do interesse de todos. O voleibol (nacional e regional) precisa de mais equipas e, neste caso, o Oliveira do Bairro Sport Clube poderá ser um projecto aliciante para a modalidade e seus praticantes.
Como vê o Frei Gil Voleibol Clube o aparecimento deste projecto? Existe interesse do Frei Gil Voleibol Clube em realizar parcerias com o Oliveira do Bairro Futebol Clube?
O Frei Gil Voleibol Clube vê com bons olhos o seu aparecimento, pois este projecto terá a oportunidade de dar continuidade ao projecto de formação, ao nível dos escalões femininos, que o Frei Gil Voleibol Clube tem vindo a fazer. É do interesse das duas partes, existir esta ligação, pois só assim poderemos crescer e desenvolver a nossa modalidade. Sejamos sinceros, a génese deste projecto é todo o trabalho efectuado ao longo dos anos pelo Frei Gil Voleibol Clube, onde importa realçar alguns momentos marcantes:
Desde 1992 até hoje, o voleibol é o desporto escolar com diversos títulos, a destacar: Campeões Nacionais Desporto Escolar 2005/2006 – Juvenis Femininos; em 1998 deu-se início à criação do clube – equipas federadas juniores e seniores; em 2000 fundou-se o Frei Gil Voleibol Clube – Escalões – Minis, iniciados, Juvenis e Seniores Masc./Fem; Campeão Nacional 2000/2001 – Minis Femininos; Vice- Campeão Nacional 2000/2001 – Iniciados Feminino; Campeão Nacional 2003/2004 – Minis Femininos; Vice- Campeão 2003/2004 – Iniciados Femininos; Subida da III Divisão para a II Divisão Seniores Masculinos 2004/2005; Campeão Nacional 2006/2007 – Infantis Masculino
 
António Augusto, coordenador do desporto escolar
Professor de Educação Física na Escola do 2.º e 3.º Ciclos do Ensino Básico Dr. Acácio de Azevedo
Como analisa o aparecimento de uma equipa sénior de voleibol feminino no Oliveira do Bairro Sport Clube?
Existe normalmente a tendência para considerar o voleibol, fundamentalmente no plano da iniciação, como uma actividade com pouco interesse e motivação para o aluno, complicado e difícil, um tanto monótono e por conseguinte uma actividade pouco aliciante e gratificante. Numa zona do país onde quase não existem clubes que promovam a prática do voleibol, torna-se mais complicada a tarefa de ensinar esta modalidade. Assim, é de louvar e encorajar o O.B.S.C., pois vai proporcionar às jovens deste concelho e não só, a prática de um jogo apaixonante. Este projecto vai, com certeza, colmatar uma grande lacuna que existe no desporto no feminino, a nível local. As escolas contribuem para a formação de jovens atletas, mas depois são imprescindíveis os clubes, para dar continuidade a esse trabalho. Caso contrário, as jovens acabam por desistir de uma prática física regular, que tão benéfica lhes é. Muito ânimo, muita persistência e bom trabalho é o que desejo a todos os que contribuem para que este grande projecto seja um êxito.


publicado por obsc às 12:43
link do post | comentar | favorito

...
VOLEIBOL FEMININO
AO FIM DE 5 JORNADAS A 1ª DERROTA
 
 
O Oliveira do Bairro Sport Clube claudicou no passado Domingo, em Leiria, frente à Associação de Cultura e Juventude de Leiria, em jogo a contar para o Campeonato Nacional de Voleibol Sénior Feminino – 1ª Fase do Regional.
 
Depois da excelente vitória na jornada anterior, em casa, ante o Clube de Voleibol de Aveiro, o conjunto Bairradino perdeu por 1-3 (23-25, 25-15, 21-25 e 19-15) no jogo disputado em Leiria e arbitrado por um árbitro “da casa”.
 
A Associação de Cultura e Juventude de Leiria tem uma equipa equilibrada e muito certa, mas a derrota neste jogo deve-se ao desempenho da equipa Bairradina, que esteve desconcentrada, tendo cometido, por isso, alguns erros de palmatória. A quebra anímica inexplicável ajudou a consumar a primeira derrota da equipa.
 
O jogo de Domingo deve ter sido o melhor da época da Associação de Cultura e Juventude de Leiria e, para as “Falcoas do Cértima” o pior, pois efectivamente nada saiu bem às pupilas de Susana Martins. A recepção e a defesa não permitiam executar as melhores acções de ataque e o serviço também não esteve no seu melhor, permitindo uma grande eficácia à recepção adversária.
 
Apesar das dificuldades, as “Falcoas do Cértima” ainda conseguiram contrariar o ascendente da Associação de Cultura e Juventude de Leiria no segundo parcial, ao vencer por um expressivo 15-25, não estando, no entanto, o jogo talhado para as “Falcoas do Cértima, que bem se esforçavam para reverter a tendência do marcador, referindo-se que, até o árbitro, com algumas decisões menos acertadas, não o permitia.
 
As atenções das “Falcoas do Cértima” estão agora viradas para o Sporting Clube das Caldas, empenhadíssimas em "vingar" a primogénita derrota da equipa. O próximo jogo disputar-se-á nas Caldas da Rainha, no Domingo 9.12.2007, pelas 17h00, no Pavilhão Raúl Jardim Graça.


publicado por obsc às 12:38
link do post | comentar | ver comentários (2) | favorito

Campeonato Nacional 2007 de Natação Adaptada
Realizaram-se no passado fim-de-semana 1 e 2 de Setembro o Campeonato Nacional 2007 de Natação Adaptada. Tiveram lugar no excelente Complexo Desportivo das Piscinas Municipais de Vila Franca de Xira. A organização do evento esteve a cargo da ANDDEMOT – Associação Nacional de Desporto para a Deficiência Motora.
O Bairro Sport Clube fez-se representar pelo atleta José Pedro Soares Guerra que nas duas provas em que participou, 100 metros Bruços e 50 metros Mariposa, estabeleceu um novo Recorde Nacional de piscina longa. Respectivamente com a marca de 46:14. Na prova de 100 metros Bruços esteve a 11 centésimos de segundos de igualar a sua anterior marca obtida no Open Internacional 2007 de Natação Adaptada.
As perspectivas iniciais em relação a este evento foram alcançados, o trabalho desenvolvido pelo atleta e treinador estão a dar frutos e nesta medida continuaram a trabalhar arduamente já a pensar nos próximos compromissos desportivos.


publicado por obsc às 12:37
link do post | comentar | favorito

Um pouco mais acerca do OBSC
pesquisar
 
Dezembro 2007
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1

2
3
4
5
6
7
8

9
10
12
13
14
15

16
17
18
19
20
21
22

23
25
26
27
28
29

30
31


posts recentes

Iniciados – 2ª Divisão Sé...

Iniciados – 1ª Divisão Zo...

INFANTIS ”B” - OBSC – 11 ...

Iniciados – 2ª Divisão Sé...

Iniciados – 1ª Divisão Zo...

INFANTIS ”B” - OBSC – 11 ...

CAMPEONATO DISTRITAL DE J...

Juvenis - A.D. OVARENSE: ...

Iniciados – 2ª Divisão Sé...

INFANTIS “B” - ANADIA F.C...

arquivos

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

Abril 2007

Março 2007

Fevereiro 2007

Janeiro 2007

Dezembro 2006

Novembro 2006

Outubro 2006

Setembro 2006

Abril 2006

Fevereiro 2006

Dezembro 2005

Setembro 2005

Julho 2005

Junho 2005

links
Fazer olhinhos
Dezembro 2007
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1

2
3
4
5
6
7
8

9
10
12
13
14
15

16
17
18
19
20
21
22

23
25
26
27
28
29

30
31